sad mature businessman thinking about problems in living room

O início de um empreendedor

José Oliveira

Table of Contents

Conheça a história do Fernando, que podia ser a história de qualquer outro empreendedor. Talvez até a sua!

O Fernando é comercial por conta própria há vários anos para várias empresas. Visita salões de cabeleireiro e esteticistas e é bem considerado pelos seus clientes; é, portanto admirado pelos seus colegas, pela forma dedicada que conhece os produtos e apreciado como um exemplo pela organização pelos resultados que obtém. Fernando sentindo-se bem financeira e profissionalmente, começa, no entanto a sentir algum cansaço. Cansaço de algumas atividades rotineiras que para ele são um sugar de energia, mas que não encontra forma de deixar de as realizar.

Certa noite o Fernando acordou de forma sobressaltada, de tal forma que acordou Andreia, a sua esposa. Depois de verificar que tinha sido algo sem importância, esta acomodou-se e voltou então a adormecer. Já há algumas noites que o Fernando andava a dormir mal, pensativo durante o dia, com dificuldade a adormecer… Distraído continuamente e apesar de ter poucas preocupações com a família e o trabalho, sentia-se incomodado.

Mas hoje era diferente.

A insónia arrastou-se, uns pensamentos deram lugar a outros até que enfim chegou à ideia que com frequência lhe aparecia. O seu sonho de há muitos anos, que de tempos a tempos lhe voltava cada vez mais forte e, portanto, progressivamente mais intenso. De tal forma que os detalhes eram cada vez mais precisos, imaginando-se a falar com contactos, como respondia a questões ou no manuseamento de produtos…

Em suma um projeto começa desta forma: uma insatisfação, uma falta de algo, um hiato, uma dor de algo por concretizar. O projeto dá lugar a um Sonho de que as coisas vão correr bem; olhando sempre em frente, todavia sem sequer temer a possibilidade de algo não correr tão bem por falta de planeamento ou por um detalhe técnico. O Sonho alimenta-se então sozinho, pesquisando de forma subconsciente e encontrando continuamente sinais de Sucesso nessa área. No carro que vai à nossa frente, no anúncio numa rede social, até ao momento em que se entranha e interioriza no Sonhador.

O Sonhador está constantemente em ação mental…

…produzindo, antevendo, preparando e focado na sua tarefa de se proteger das ameaças externas, dos perigos dos não sonhadores. Procurando formas de se proteger, encontra as respostas para convencer outros da sua Missão. De como o seu produto, o seu Projeto, transformar o Mundo, porque o Mundo necessita dele.

No momento em que o Sonhador se desenvolve em Empreendedor, aparecem as primeiras dificuldades, as dúvidas de quem não teve a coragem para ser diferente. Os amigos e familiares que na tentativa de ajudar, minimizam as suas qualidades, a sua força, a sua vontade… Colocando em causa a sua experiência e o “para quê?”.

Mas o Empreendedor… é resiliente!

As suas energias renovam-se com cada imprevisto, cada contratempo e o seu Sonho começa a tomar forma.

Procurando um fornecedor, encontra um Parceiro que lhe mostra, que também ele pode ter Sucesso. Detetando um local, descobre um Paraíso à sua medida. Selecionando o design do seu site, recupera ideias que pensava já ter esquecido. E o Sonho vai-se reforçando, porque sente etapas do seu projeto a serem ultrapassadas e a cumprirem-se.

Por cada ação realizada, aparecem mais 3 ações por realizar e o Empreendedor inicia uma luta silenciosa com o Sonhador. As forças físicas com as forças mentais e o seu ânimo abranda. Será que necessito disto? Se agora é assim, como será quando tudo estiver a funcionar?

A importância do planeamento para o Empreendedor.

É nesta altura que o Empreendedor sente a necessidade dum planeamento. A obrigatoriedade de convencer outros do seu Sonho, de influenciar para o seu Projeto, de vender a sua vontade de conquistar o Mundo aos demais.

Recorda aulas da Universidade em que o orador conhecedor, apresentava conceitos magníficos e teorias fantásticas, mas sem a emoção que ele agora sente. Questiona-se, com tristeza, porquê é que não sentiu na altura esta vontade de mudança?

E recupera a confiança, afinal teve a Coragem de avançar, de investir, de agir, de colocar em prática a sua vontade…

A ausência do planeamento, contudo, mantêm-se cada vez mais presente. Fernando recorda-se das tarefas que sentia como rotineiras e desgastantes e sente que está na altura de repensar algumas atitudes.

Através de um amigo conhece uma comunidade de outros empresários jovens. Profissionais ativos alguns bastantes experientes, outros futuros empreendedores e reencontra um outro seu conhecido de longa data.

A Energia do Empreendedor é recuperada com cada encontro de conhecimento e partilha. Os investimentos, são compensados com a possibilidade de solucionar as suas dúvidas e situações que inicialmente, sozinho, lhe pareciam tão complicadas.

O que parecia uma comunidade bastante desconexa, proporciona-lhe mais negócios, nova forma de trabalhar mais produtiva e uma Visão mais complexa e aprofundada do seu próprio negócio e ao mesmo tempo, mais clara quanto ao que tem que fazer. O complemento perfeito no seu desequilíbrio.

E os resultados?

Os resultados são visíveis. Os comerciais são exponenciais, mas os pessoais, não têm preço.

Finalmente consegue ir ao ginásio e fazer os passeios de bicicleta com a sua filha. Começou a “ter que” dizer Não a alguns clientes antigos que lhe traziam mais conflitos. Apareceram-lhe novos interessados que quiseram iniciar precisamente pelo conhecimento mais aprofundado dos produtos. E finalmente, uma bela noite de repouso tranquilo.

O que parecia uma obrigação necessária, passou a ser uma necessidade obrigatória. É neste momento que consegue focar-se no que tem que fazer e não no que podia ter feito.

Identificaste-te com esta história? O seu início é verdadeiro e baseado em muitos dos vendedores que conheço. O final está na tua mente, porque és tu que controlas o teu futuro.

Encontrarmos uma comunidade que nos acolhe, nos ajuda a crescer e onde percebemos que afinal as nossas situações não são exclusivas; pode ser a solução que precisas para fazer a diferença, seja para passar do papel à realidade, seja para dar o impulso que procuravas.

Ela está nos últimos dias de gestação, porque tal como cada um dos nossos negócios, o Sucesso é possível e desejável… Mas apenas a quem o procura, porque “a Sorte não se encontra”

A crise é uma oportunidade. Procuramos as melhores práticas, o Sucesso de cada um e os valores de Ética estão acima de tendências e interesses. Se gostavas de participar numa comunidade assim, recomendo-te que te inscrevas para ser dos primeiros a conhecê-la.

Conhece melhor a JCOL, clica aqui.

Gostaste? Partilha!